3 pensamentos em “Coimbra tira-me do sério

  1. Coimbra, bela cidade de senhoras cegas que guiam forasteiros até ao seu destino, de interruptores a grandes distâncias das lâmpadas que controlam (“por causa da droga”, diz-se no dialecto conimbricense), de batalhões de polícia invisíveis, tão úteis em trabalhos de infiltração no submundo…

    Ah, Coimbra! Já tenho saudades!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>