Onde comprar? Um episódio surrealista…

É cada vez mais comum que tenhamos que estar atentos às diferenças de preços praticados entre várias lojas e/ou cadeias de lojas e é normal que assim seja num mercado livre. Ser-se um consumidor atento passa cada vez mais por verificar e comparar preços e estamos cada vez mais habituados a que, por vezes, até entre lojas do mesmo grupo haja diferenças. E que, em algumas áreas, haja também diferenças significativas entre preços praticados online e preços praticados nas lojas. Em boa verdade, as variantes são tantas que, para podermos ficar de consciência tranquila, cada pequena compra poderia demorar horas entre pesquisas e selecções. Parte dessas pesquisa feitas online, precisamente, e a outra, entre algumas lojas de confiança…

Na prática, uma grande parte das compras que fazemos, particularmente as repetitivas, como a de consumíveis, dificilmente passa por qualquer escrutínio atento, porque quando se acabam os tinteiros da impressora ou o papel no escritório, há muito pouca pachorra para usar algo mais do que a vaga memória dos preços da última compra. Eu, felizmente, tenho o apoio da minha “sócia”, que tem o hábito, tão útil como irritante, de verificar as etiquetas dos preços em todo o lado. E vale muito a pena.

Recentemente, numa dessas visitas apressadas a uma loja do costume (o Staples Office Centre do Retail Park de Aveiro) para comprar tinteiros, reparámos que o conjunto de tinteiros da nossa impressora estava à venda num “Pack Económico” (segundo o rótulo da HP) em que peguei sem pestanejar, pronto para substituir as 2 embalagens (cor + preto) que já tinha na mão. Nesse momento, a “sócia”, que além de atenta tem um cálculo mental rapidíssimo, diz “os tinteiros em separado ficam mais baratos que o pack“… “é engano“, pensámos os dois e dirigimo-nos ao balcão de informações com as 3 embalagens em punho a pensar que íamos esclarecer uma gralha de etiqueta e poupar chatices aos próximos clientes. Mas, para nosso espanto, o funcionário informa-nos de forma simpática, ainda que lacónica, logo que vê ao que vamos, que o “pack económico” fica mesmo mais caro que os tinteiros em separado e que ele não pode fazer nada porque os preços que a HP pratica não dão margem para que seja doutra forma e ele até aconselha os clientes a não levarem o pack, sempre que vê alguém a escolhê-lo… respondo que, sendo assim, a designação “económico” no rótulo da HP deveria ser corrigida e que, relativamente ao “não podemos fazer nada porque a responsabilidade dos preços é da HP“, não é bem verdade já que poderiam simplesmente, se assim é, não comprar os ditos “packs económicos” à HP, que seria uma bela forma de protesto.

Ainda espantado, mas com impressões para fazer, trago os tinteiros em separado e registo para a posteridade, com a câmara do telemóvel (sei que é ilegal), os preços dos tinteiros a pensar “isto vai dar um belo artigo cómico-surrealista no blog!

Chego a casa e antes de escrever o artigo, decido ir ao site da Staples a pensar que se lá estiverem os mesmo preços, posso usar as imagens e dados de lá… mas não estava minimamente preparado para o que me esperava e é tudo tão complicado, que tive que “fazer um desenho”, como se costuma dizer:

Comparar preços de tinteiros HP na Staples online e na loja

Percebem? Eu não…

  • tinteiro cores na loja €21,90, online €32,49 — poupe 32,5% offline
  • tinteiro preto na loja €24,99, online €29,49 — poupe 15,25% offline
  • pack 2 tinteiros na loja €49,90, online €53,49 — poupe 6,7% offline
  • se comp(a)rar online, o pack de 2 tinteiros é económico — poupe 13,7%
  • se comp(a)rar offline, o pack de 2 tinteiros é mais caro — pague mais 6,4%

Duvido seriamente que toda esta confusão seja originária na política de preços da HP, mas estou por tudo.

O que posso garantir é que agora dou muito mais valor ao trabalho de quem elabora comparativos de preços, por exemplo para a Proteste, porque é, literalmente, um trabalho de loucos.

E custa-me registar mais um episódio que dá razão a todos os cépticos acerca das compras online. Assim não vamos lá.

Nota: cópias deste artigo vão ser enviadas para a Staples, para a HP e para a Proteste.

6 pensamentos em “Onde comprar? Um episódio surrealista…

  1. Como escrevi no meu blog.

    Pouco há a acrescentar a este post de João Martins no diário de bordo.

    Mas é possível que a HP tenha algo a ver com esta confusão. Se repararamos na Chip7, o pack custa o mesmo preço do que Staples: 53,49. Os dois tinteiros individuais custam 60,39.

    O que provavelmente acontece é que a HP, faz desconto comercial das unidades simples, dado que a Staples deve comprar grandes quantidades, e não pratica o mesmo desconto nos packs.

    E assim temos um pack económico mais caro que as unidades. Os preço on-line e off-line (que será comprar off-line? Ir à loja?) é que é mesmo confuso.

    A solução seria obviamente a Staples não comercializar o pack económico, caso a HP não faça um desconto percentual idêntico aos tinteiros.

  2. @Mário Lopes: como anuncio no post, enviei uma cópia à DECO / Proteste. A resposta deles, para já, foi: “qual é o seu número de sócio?” :| Estou a tentar sair dum certo estado de espanto para escrever também sobre isso.

    E também já recebi uma resposta da Staples que, aparentemente, se consigo descodificar bem o paleio comercial, admite o erro no caso do preço dos packs económicos e irá corrigir (espero que não suba o preço dos tinteiros separados… :P ).

  3. LOOOL. Lindo.

    Eu já vendi a minha, e não quero cá mais impressoras. O pouco que imprimo, cravo a alguém.
    E-mail, caro amigo, e-mail. E PDF também!

    Rui

  4. @Rui Cruz: tivesse eu uma existência assim tão digital e pudesse eu libertar-me dos constrangimentos analógicos e era um homem mais feliz, de facto.
    Mas nem o e-mail nem o PDF resolvem problemas profissionais como as provas de impressão, a maquetização de propostas gráficas ou os dossiers para clientes em processo de “digitalização”… ou mesmo os problemas domésticos da fotografia impressa para a mãe, a tia ou a avó…

    Lá chegaremos. :)

  5. Olá a todos,

    Em 2001, comprei uma CANON N1000, considerei 57 euros um valor absurdo por cada tinteiro e de férias nos USA tive a grande sorte de conhecer um amigo que é comercial da maior empresa de compativeis do mundo com 13% do mercado mundial! Experimentei tinteiros para essa impressora, assim como Canon I850 e Espon Stylus Pro 7600 (plotter) que tem tinteiros 220 ml. A qualidade é a mesma e estou satisfeito, descobri que nos USA tanto a HP como a Epson tem um batalhão de advogados a processar o meu fornecedor porque parece que estão com prejuizos por causa da perca de mercado nas vendas. Fui convidado a ser importador para Portugal, Espanha e França e foi o que fiz.
    Hoje nem eu, nem meus clientes precisam de comprar tinta a 1600 euros o litro por exemplo, pois é, eu faço contas ao litro e se vc o fizer vai meter as mãos na cabeça e não entender pq é tão caro? Já sabem, a solução é experimentar com a garantia de total satisfação ou reembolso. http://tinteirobarato.googlepages.com/

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>