I Fórum de Software Livre de Lisboa

Realiza-se a 12 e 13 de Outubro o I Fórum de Software Livre de Lisboa.

Pessoalmente, acho importantíssimo que iniciativas desta natureza se realizem e espero que o seu impacto se faça sentir. Eu, que na qualidade de consultor já ajudei a implementar algumas soluções open source quer para a construção e gestão de presenças on-line, quer para tarefas administrativas básicas, sei bem que a resistência ao open source de uma grande parte dos empresários portugueses, por se basear em equívocos e desinformação, não é fácil de vencer.
Mas conheço muitos exemplos simples de sucesso: desde a substituição (sem dramas) de cópias piratas de MS Office por suites de OpenOffice, à implementação de CMS open source com impactos na economia, actualização e qualidade dos conteúdos de websites, até à utilização de GIMP para produzir legalmente simples etiquetas que eram produzidas ilegalmente em Photoshop (sem necessidade nenhuma), ou mesmo implementação de sistemas open source de gestão de projectos e time-tracking, substituição de licenças ilegais de Outlook por Thunderbirb, melhorias na navegação na web por utilização de Firefox, implementação de projectos de e-learning com o Moodle

Os exemplos práticos, em todas as escalas e sem fundamentalismos, poderão servir para vencer medos e esclarecer equívocos e, com isso, apoiar uma mais fácil adopção de soluções open source e, quem sabe, a compreensão da diferença entre Software Livre e Software Gratuito que seria, isso sim, um grande salto na cultura empresarial portuguesa na sua relação com a informática.

Por isso, expresso aqui os desejos de sucesso para o Fórum, apesar do seu primeiro sinal para o exterior, o website merecer, de facto, fortes críticas e de ter assistido, noutro espaço digital, a uma certa dificuldade em saber encaixar essas críticas.

Claro que não me parece razoável que se critique o evento ou se duvide da seriedade das pessoas envolvidas só porque não demonstram grande domínio da língua portuguesa, mas a verdade é que, além de um erro na mensagem original de divulgação, as gralhas do site que promove a iniciativa são graves e não dizem apenas respeito ao português utilizado. O que, em si mesmo é muitíssimo relevante, já que não está em causa a competência dos programadores, mas sim a eficácia dum evento que dependerá da capacidade de comunicação.
Mas a amostra do site não é encorajadora, de facto. Tanto mais que é grande o número de soluções de CMS open source com óptimos templates livres e código sólido, sendo, por isso, difícil de perceber a opção por uma solução que, quer ao nível gráfico, quer ao nível da programação não é propriamente feliz.

Espero por tudo isto que a qualidade do evento apague a má impressão criada pelo site e que, com críticas construtivas, a estratégia de divulgação do Fórum vá melhorando.

Eu, pessoalmente, já que pouco mais posso contribuir para esta causa, ofereço-me para rever alguns textos… não há-de custar muito mais do que personalizar uma localização do Moodle ou do WordPress, pois não?

1 pensamento em “I Fórum de Software Livre de Lisboa

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>