3 pensamentos em “Alta Cultura

  1. Eu achei mais graça ao “botton”, confesso. Mas o que me espanta é a desproporção entre o investimento na escolha do material e do lettering para a plaquinha e a revisão básica da tradução do texto a imprimir. Claro que ficaria mal a um Museu de Arte Contemporânea ter um daqueles avisos típicos em papel numa bolsa plástica colada à parede, mas esta plaquinha toda “design” em que a tradução não acerta uma não dá uma imagem ainda pior?

  2. hehee Sem dúvida que o “botton” é “valioso”… :p

    Eu pensei exactamente no mesmo que tu, o que acaba por por vezes ser sintomático do “português típico”: o que interessa é que é bonito e funciona! Usabilidade? Qualidade? Pra quê? Só obriga a gastar mais dinheiro e TEMPO por parte de quem está encarregue da gestão do projecto e liderança… E isso, meus senhores, “eles” não querem!

    E como os “senhores em liderança” não têm tempo a perder, não fazem o seu trabalho e depois quando o “mexilhão” repara, já os prazos estão a terminar e faz-se a organização em cima do joelho “para ter a coisa pronta *mais ou menos* a tempo” (o que inclui um ligeiro atraso.. perfeitamente normal!)

    Ok… enough of this rant! :) Sorry… ;)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>