De que nos vale um lamento ministerial?

Ana Jorge, a Ministra da Saúde, lamenta “pessoalmente” o acordo celebrado entre a ADSE e o Hospital (privado) da Luz, por se tratar duma “oportunidade perdida” para investir no sector público. Eu, pessoalmente, também lamento e lamento ainda mais que, aparentemente, neste caso, o meu lamento valha tanto como o duma Ministra, ou seja, menos que nada. Diz a Ministra que essa é uma decisão sobre a qual se deve interrogar o seu colega das Finanças. Não poderia ela, na qualidade de Ministra, pedir os tais esclarecimentos a Teixeira dos Santos e, eventualmente, marcar uma posição ligeiramente mais veemente na defesa do sector público? É que esse investimento de dinheiros públicos em serviços públicos significa, entre outras coisas, uma melhor gestão dos recursos do Estado, objectivo atribuído, em tese, a Teixeira dos Santos, pelo que, entre colegas ministros, a coisa deveria ser fácil de esclarecer.

Com coisas destas, obrigam um tipo a passar por ingénuo para não ser mal-educado.

1 pensamento em “De que nos vale um lamento ministerial?

  1. Em 28 de Abril passado solicitei pela internete, ao Hospital da Luz um exame de gastereontologia – colonoscopia total, por indicação da minha médica de família, que após um exame às fezes – pesquiza do sangue oculto, em tres dias consecutivos, deu resultado positivo nos 3 dias- passou-me uma requisição, para com a maior urgência possível, fizesse uma colonoscopia total, considerandoo meu historial familiar. O meu pedido foi aceite no Hospital da Luz e foi-me dito que brevemente entrariam em contacto, telefónico comigo, a indicar a data em que eu deveria deslocar-me ao referido Hospital.Entretanto vim a saber que o Hospital da Luz,apesar de ter um acordo com a ADSE, colocava os doentes desse subsistema de saúde, abaixo de cão! Isso é o meu exame, na melhor das hipóteses só seria possível para Setembro ou Outubro! E esta informação foi-me dada pelas funcionárias do referido Hospital, depois de muita insistência e alguma ameaça velada…Acabei de ler o comentário da Srª Ministra da Saúde, no Parlamento, a propósito do acordo da ADSE com o referido Hospital! Sacudindo a água do capote, a referida Sª Ministra disse aos deputados que lamentava mas que o melhor era perguntar ao Sr Ministro das Finanças, que superintende na ADSE!!! Mas em que País estamos?! «Isto ainda se pode chamar um País que se diz do lº Mundo?» Ainda hoje soube-se da sondagem feita pela Universidade Católica, que dá ao Sr. Sócrates à beira da maioria absoluta! Não há dúvidas que este desgraçado povo merece o governo que tem… Paz à sua Alma!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>