Triatlo: o nosso desporto-rei

Alguém tem ainda dúvidas sobre qual devia ser, verdadeiramente, o nosso desporto-rei?

Vanessa FernandesHoje, em Pulpi (Espanha), Vanessa Fernandes sagrou-se pela 4ª vez consecutiva Campeão Europeia de Triatlo Sub-23 e na prova masculina, João Silva e Miguel Arraiolos conquistaram a medalha de ouro e a medalha de prata, respectivamente, num feito verdadeiramente notável para o desporto nacional e inédito na história dos campeonatos, segundo ouvi na rádio.

Claro que as capas dos jornais estarão reservadas para os tipos que andam aos chutos na bola e que parece que marcaram uns golos, hoje. Aliás, já quererá dizer qualquer coisa o facto do Público online só referir o resultado de Vanessa Fernandes, sem salientar o resultado histórico na prova masculina, enquanto reserva dois espaços de última hora para os futebóis, um para o jogo, outro para as declarações do “mister”.
Mas, se há desporto que merece a nossa atenção e orgulho nacional é, claramente, o Triatlo.

Ou isso de prestarmos atenção a desportos que não sejam futebóis era só durante os Jogos Olímpicos?

13 pensamentos em “Triatlo: o nosso desporto-rei

  1. O desporto em que portugal tem mais vitórias a nível internacional é o hóquei em patins.
    Se não me engano Portugal tem mais vitórias do que as outras selecções todas juntas e tem o 2º campeonato mais competitivo por isso o desporto-rei em Portugal devia ser de longe hóquei em patins.

  2. Pingback: Café da Manhã » Blog Archive » Triatlo, o desporto-rei em Portugal?

  3. Está a esquecer-se do hóquei em patins…

    Quanto ao comentário do Diogo Piçarra, também não vamos exagerar… Actualmente nem sequer considero o campeonato português o 2º mais competitivo, em Espanha há melhores equipas mas em Portugal o campeonato é muito competitivo também, a prova é que em Espanha a única equipa que faz tremer o Barcelona nos playoffs é o Reus, em Portugal nos últimos 2 anos tem havido 3 equipas capazes de fazer tremer o Porto, são elas o Benfica, o Juventude de Viana e a Oliveirense…

    Quanto a titulos temos 20 titulos Europeus (Espanha-13, Inglaterra-12, Itália-2) e 15 mundiais (Espanha-13, Argentina-5, Itália-4, Inglaterra-2).

  4. Não diria desporto-rei, mas sem dúvida o desporto para o qual o nosso país em termos de condições naturais está mais indicado.
    Só não percebo é porque há tão poucos praticantes. Quando estava em Portugal, participei em diversos triatlos e os números nunca ultrapassavam os 100, 120 por prova… muito pouco mesmo

  5. De facto, o hóquei em patins é, em termos de desportos de equipa, aquele que mais alegrias nos tem dado e aquele em que somos uma potência indiscutível desde sempre. Já muitas vezes o disse, mesmo que não tenha escrito aqui no blog.
    Mas as proezas dos nossos triatletas deixam-me muito entusiasmado. E agora provou-se que Vanessa Fernandes não é um fenómeno isolado.
    Quanto ao número de praticantes ser reduzido, António, não sei se se mantém nos níveis que conheceu, mas, mesmo que assim seja, acha que 100-120 atletas por prova num desporto tão exigente e num país com tão baixos níveis de actividade desportiva é assim tão pouco?

  6. Meu deus,

    Tanta coisa só porque não gostam de futebol.

    O que faz um desporto rei não é a quantidade de alegrias que nos dá… é a quantidade de pessoas que deliram e praticam tal desporto.

    Entende?

    Tao simples como isso.

  7. Eu sei que não é suposto alimentar estas coisas, mas não resisto… O Sa “seguidista Fernandes acha que o que é importante “é a quantidade de pessoas que deliram e praticam tal desporto”? Eu acho que o delírio é uma razão crescente para a prática do futebol, mas não era disso que estava a falar, pois não?
    E claramente, se o futebol tem esse estatuto de desporto-rei, nada tem a ver com o número de praticantes (delirantes ou não), nem com a quantidade de adeptos, por mais delirantes que sejam. Tem a ver com a quantidade de dinheiro que se consegue fazer, espremendo esses delirantes.

  8. Ja que quis, cá vai…

    Meu Caro,

    Entendo o que diz e provavelmente tem razao quanto ao dinheiro que extraem aos delirantes.

    Mas faça lá as contas de quantos praticantes existem nos escaloes de formação e compare-os com todos os outros.

    nao seja assim, tao .. tao … vou ter de o dizer apesar de ser a «sua» casa… sectario.

  9. Ontem os atletas portugueses ganharam 3 medalhas nos Campeonatos Europeus Sub-23 de Triatlo e a Selecção Nacional de Futebol ganhou um jogo no início da fase de qualificação para o Mundial, contra uma selecção (de Malta), sem grande surpresa. Hoje, o resultado previsível do jogo de futebol fez capas de jornais e encheu secções de desporto na informação impressa e televisiva. De tal forma que o resultado surpreendente e histórico no Triatlo não teve sequer espaço para uma menção na edição de hoje do Jornal Público ou do Telejornal da RTP, por exemplo.

    Parafraseando o outro “mister”: e o sectário sou eu?

  10. triatlo é bom de ser praticado. mas n é no alhandra sporting clube, o ambiente de trieno é dos piores que alguma vez encontrei , acho que muitos dos k la andam deviam aprender o k é o espirito de entre-ajuda coisa k nos treinos e fora dele n existe. Em conclusao se querem fazer triatlo no alhandra e n conhecem ninguem la n é boa opçao.

  11. Pingback: Triatlo, o desporto-rei em Portugal? | Café da Manhã

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>