Porque é que o Twitter não me convence

Quem me lê, por aqui, sabe que tenho alguma dificuldade em dizer seja o que for em 140 caracteres. Sou um tipo palavroso e prolixo, por natureza. Talvez essa seja a maior barreira que existe entre mim e o Twitter, mas não deixo de me surpreender quando ouço no vídeo de apresentação rápida que têm no site qualquer coisa como “a vida real acontece entre a escrita nos blogs e o envio dos emails”. Que vida real é a deles? Que vida real é a das pessoas adeptas do microblogging?

Não me interpretem mal: não pretendo emitir juízos de valor sobre os hábitos comunicativos de seja quem for, nem sequer estou em posição de questionar o peso que as tecnologias e/ou a internet podem ter no quotidiano das pessoas, mas… haverá por aí alguém que compreenda a minha relutância?

10 pensamentos em “Porque é que o Twitter não me convence

  1. Eu entendo a relutância.
    E tanto assim é, que não uso o twitter e não sinto necessidade de usar.
    Poderei algum dia dar-lhe um uso diferente, imagino que o twitter possa usar-se para difundir, por exemplo, mensagens operacionais entre grupos de pessoas (aviação, meteorologia, protecção civil, etc)… mas no sentido que a maioria das pessoas usa, não, recuso-me.

  2. Também não acho que tenha assim muita utilidade como muitos tentam fazer crer, mas em certos casos até é muito útil. (vou fazer crer…) lol

    Eu uso diariamente como ferramenta de suporte ao meu site. O site é sobre música, e como deve calcular o Twitter é bom para meter links de novos vídeos, anunciar datas de novos lançamentos discográficos, que mais tarde serão alvo de tratamento especial no site propriamente dito. Essas cenas, anúncios de datas de concertos, partilha de links de myspace de artistas porreiros que se descobrem no momento, divulgação de updates do site que não são passiveis de seguir por Feed normal etc etc.. . conversa já vai longa, não caberia no…. twitter

  3. Não leves a mal o que vou dizer, mas normalmente quem faz esses comentários sobre o Twitter é porque ainda não percebeu como ele realmente funciona. E normalmente estão também a um passo de começar a Twittar.

  4. É claro que a própria afirmação de que o Twitter não me convence contém em si mesma a possibilidade de que isso venha a acontecer. Porque outra razão teria visto o vídeo introdutório ou pensado sobre a (in)utilidade da ferramenta ou do formato?
    É, por isso, perfeitamente possível que, em breve, esteja a “twittar” sobre como o Twitter afinal tem variadíssimas virtudes que desconhecia.
    Mas assumir esta posição de desconfiança, agora, pode muito bem trazer até mim, na forma de comentários como os vossos, as razões que me faltam para fazer a experiência. ;)
    Por isso, obrigado.

  5. o twitter, como ferramenta de conversa, é uma versão mal amanhada do irc e que é impraticavel de usar sem andar com aplicações extra que colmatem as falhas.

    Concordo, porém, com o uso que o Leando lhe dá, actualizações rápidas, ou a ideia do joão, broadcast (multicast?) de informação.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>