Já que é já Natal…

“Os Pais Natais”

Sérgio Godinho canta com Os Amigos do Gaspar

canção de Sérgio Godinho (letra) e Jorge Constante Pereira (música)
para o programa Os Amigos de Gaspar

Já que é já Natal
se um Pai Natal houver
mais que dois ou três
então à vez
podemos ser, sei lá
o Pai Natal sempre de alguém
de quem não tem direito
ao seu presente
resplandescente

Já que é já Natal
se um Pai Natal houver
mais que dois ou três
então à vez
podemos ser, sei lá
o Pai Natal sempre de alguém
de quem não tem direito
ao seu presente
resplandescente

Olha o Pai Natal
mais um Pai Natal
outro Pai Natal

Olha o Pai Natal
mais um Pai Natal
outro Pai Natal

Eu vou ser Pai Natal
Eu sou Pai Natal
Já fui Pai Natal
Natal, Natal, Natal, Natal

Com votos de boas festas, abraços, beijos e saudades especiais.

Explica-me… o Natal

Porque não quero chegar ao fim do ano sem voltar a publicar alguma coisa no podcast e porque todos os outros projectos estão demasiado atrasados na pós-produção… e porque esta altura do ano é usada normalmente para balanços… e porque o Natal é e será sempre um mistério, para mim…

Abraço Vivo - F.R.I.C.S.Este é o início duma faixa do CD-R Abraço Vivo, da Fanfarra Recreativa e Improvisada Colher de Sopa – F.R.I.C.S. que, a posteriori, foi batizada como “Explica-me O Que É Que Eu Fiz“. O título reflecte a melancolia lírica deste meu início a solo no sax soprano, provavelmente, mas, mais do que isso, ilustra o carácter inexplicável e irrepetível da improvisação livre. Ainda agora, ao ouvir esta introdução a solo peço que me expliquem o que é que eu fiz e porque é que me deixaram assim, a solo e quase sem rede durante tanto tempo.

Momentos destes são raros, por definição, mesmo que sejam cada vez mais frequentes com o amadurecimento como músico e o fortalecimento das cumplicidades.

A recuperação e partilha deste excerto tão “misterioso” como “lírico” é uma forma de vos desejar a todos o Natal que quiserem.

E, quem sabe, serve como chamariz para os concertos em Lisboa e no Porto. onde até poderão comprar a vossa própria cópia do CD. Que dizem?

Abraço Vivo!