Lugar aos leitores

Cá está uma coisa que eu não pensava que me viesse a acontecer: houve gente que achou que este blog teria visibilidade suficiente para se dirigirem a ministros e jornalistas e fazer chegar uma mensagem de protesto.

Como eu sou adepto de mensagens de protesto, mas acho que devem estar nos sítios certos, venho, por este meio, criar um tópico específico sobre a situação dos praças do Exército, com as intervenções dos leitores Patrícia e João Fernandes.

Se houver seguimento, que seja aqui:

Patrícia dixit

gostava que o senhor ministro fizesse alguma coisa para os praças do exercito poderem fazer carreira como os praças da marinha.tambem gostava de saber o porque só os sargentos e oficiais do exercito podem fazer carreira?se eles podem e porque nao os praças? porque nao havia tropa nenhuma sem praças.os praças cada vez sao menos e o porque toda a gente sabe so o ministro da defesa e alguns comandates é que nao querem saber porque estao bem na vida e nao se importam com os praças.já esteve o senhor PAULO PORTAS E LUIS AMADO como ministros da defesa nacional e nunca fizeram nada pelos praças nem se importaram o que lhes entressavam a eles era o ordenado deles.gostava de pedir ao atual ministro da defesa nacional para estudar a situaçao dos praça.para mim e para a maior parte dos praças o melhor era já que completam o tempo maximo de contratos sem nenhuma pena diciplinar aí sim poderem fazer carreira e nao os mandar para o desemprego.OBRIGADO

Patrícia dixit

nos os praças do exercito estamos muito desiludidos com o ministro da defesa nacional porque nao fás um estudo sobre os PRAÇAS do exercito.so se fala em oficiais e sargentos mas esses têm carreira e o porque de os praças nao podem ter uma carreira tambem sao militares e sem praças nao havia tropa!porque é que nao aproveitam os praças que completam os nove anos e meio(tempo maximo de contratos eté 2000)e dao oportunidade de eles seguirem uma carreira?envestiram nesses militares gastando dinheiro em cartas de conduçao,espsialidades,fardamento e depois mandam-nos embora para o desemprego!é uma vergonha.e o cumulo é que os praças da marinha podem fazer carreira e o porque os do exercito nao podem’

João Fernandes dixit

venho por este meio pedir ao senhor hernani(jornalista)para falar em publico nas televisoes jornais e etc.para falar dos praças do exercito porque nos os praças estamos muito tristes do que se está a passar.o exercito esta a mandar os praças para o desemprego com gosto na farda e vai ao centro de emprego buscar pessioal obrigado a ir para a tropa se nao perde o subsidio.é uma vergonha.o que eu preponho é os praças que completam os contratos todos sem puniçoes e sempre cumprio o seu dever que aproveitem esses militares para os proficionalizarem ou seja que esses praças possam fazer carreira porque têm gosto na vida militar.

Nota: não conheço nem faço ideia quem sejam a Patrícia ou o João Fernandes e é claro que estes comentários introduzidos off-topic não passam de SPAM, mas acho que esta é uma boa oportunidade para que as pessoas que tenham definido e estejam a implementar esta estratégia de visibilidade online para a luta dos praças do exército, possam ter um espaço mais focado. Fogo à peça, é o que se costuma dizer, certo?