Fernando Valente

Quarteto de Saxofones de Amesterdão na homenagem a Fernando ValenteJá há muito tempo que deveria ter escrito aqui a propósito da homenagem a Fernando Valente que está a decorrer no Teatro Aveirense e que se conclui hoje com o concerto do Quarteto de Saxofones de Amesterdão.

O Fernando Valente que eu conheci como professor, maestro e amigo é bastante diferente do retrato pintado em alguns dos escritos que têm aparecido por aí, mas merece, certamente uma homenagem. Uma homenagem à energia e à paixão que punha em tudo o que fazia. Porque eu não sei se ele era um grande pedagogo (tenho sérias dúvidas acerca disso), não tenho a certeza do seu génio musical (sem questionar o seu talento), mas tenho a certeza que essa energia e paixão, que nos galvanizava, motivava, envolvia, consumia e, por vezes, agredia e repelia, nos fazem falta.

A nós, a Aveiro e ao país.