Nobre Viva!… o desperdício

O anúncio radiofónico das refeições pré-cozinhadas Nobre Viva! é muito engraçado— “mensagem subliminar para quem está agora no trânsito: bacalhauzinho com natas…” etc— e toda a estratégia de comunicação deste produto parece bem pensada (não sou só eu a dizer), da escrita dos anúncios, ao grafismo aplicado em vários suportes, até à embalagem:

Nobre Viva! - a embalagem

Mas como no melhor pano cai a nódoa, não só o site da Nobre tem muito para andar (pobre indexação, visibilidade muito baixa, acessibilidade é mentira, etc), como a abertura da embalagem é uma desagradável surpresa:

Nobre Viva! - a revelação do desperdício

O desperdício de cartão é quase obsceno, meus senhores! E numa altura em que a consciência ecológica está na moda, acho que é um erro, face ao target destes produtos, negligenciar estes aspectos.

Vá lá… voltem a pensar nisto. Mas não pensem que alguém vos vai dar a “papinha toda feita”. ;)

PS: O bacalhau com natas não é mau, de facto. E é extraordinariamente rápido e fácil. Mas gastronomicamente falando, dispensava tanta presença do fiambre Nobre. :)