F.R.I.C.S. Expostos: experiência psicadélica

Desde que surgiu e se concretizou a possibilidade de “expor” a Fanfarra Recreativa e Improvisada Colher de Sopa (mesmo antes disso) é difícil explicar o que poderia ser tal exposição. Os registos (1, 2, 3, 4, 5…) de vários tipos e em quantidade, parecem apenas contribuir para a confusão e nós ainda precisaremos de algum tempo para perceber e, depois, poder explicar, a natureza desta intervenção.

Nesse sentido, este GIF animado e este pequeno vídeo de 3 minutos, montado com clips de 15 segundos de vídeo de pouca qualidade (a máquina fotográfica serve mesmo é para fotografar) e sonorizado com um loop do hino semi-oficial da Fanfarra é uma ferramenta de trabalho: a sua visualização constante permitirão um estado psicadélico favorável a uma melhor compreensão do mundo em geral e deste fenómeno em particular. Quem tiver strobs em casa poderá usá-los para um efeito mais rápido.

F.R.I.C.S. EXPOSTOS : GIF PSICADÉLICO

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=du2a7PdqUOY[/youtube]

Hay que verlo para entenderlo

O que sucedeu em Ourense não tem explicação. Não só a Fanfarra se transformou em exposiçãodisponível até 26 de Outubro e não Setembro, como tinha anunciado—, como fomos colocados à cabeça dum cortejo pagão na I Festa Dionisiaca de Ourense.

De facto, “hay que verlo para entenderlo”.

Só esperamos vir a ter registos suficientes para que nós próprios possamos vir a entender.

Espectáculo artístico alternativo

Fotografia da Voz de Galiza da performance de FRICS, na Sala Alterarte, em Ourense

Autor: Cándida Andaluz redac.ourense@lavoz.es
Fecha de publicación: 21/9/2007

El mismo nombre lo dice. La sala Alterarte del campus de Ourense abrió ayer sus puertas a un nuevo curso con la ironía por montera. El estrenado comisario, Ignacio García Gómez del Valle eligió una muestra rompedora e innovadora de la mano de FRICS (Fanfarra Recreativa e Improvisada Colher de Sopa). «Que pasa cando unha inauguración confúndese co obxecto artístico dunha exposición. Cada día podemos reinaugurar un espazo que se convirte en espazo festivo», explica el comisario de la sala. El espectáculo, con otro tipo de vertiente aunque siempre con la fiesta como bandera, se podrá disfrutar hasta el 26 de octubre. Hay que verlo para entenderlo.

F.R.I.C.S. Expostos @ Alterarte, Ourense (datas corrigidas)

A Fanfarra Recreativa e Improvisada Colher de Sopa foi convidada a fazer mais um pequeno desvio à “Capitais de Distrito Por Ordem Alfabética Tour”. Desta vez, o convite veio da Galiza, do Campus de Ourense da Universidade de Vigo e a natureza do convite era irresistível: registar e transformar a acção da Fanfarra numa instalação que inaugurará a nova temporada dum espaço expositivo com o sugestivo nome de Alterarte.


F.R.I.C.S. Expostos, convite para a exposição

Assim, estaremos nos dias 21 e 22 de Setembro a tocar para as pessoas e para os registos vídeos, que ficarão expostos até dia 26 de Setembro Outubro.

F.R.I.C.S. Expostos - convite da exposição (o texto)

O convite, que aqui reproduzo na vã esperança de que alguém o aceite, entre outras coisas mostra que bem nos percebem os nossos parceiros galegos.

Será certamente uma experiência diferente, esta de ficar “exposto”, mas, pensando bem, este é um dos futuros previsíveis de um projecto tão conceptual como é a Fanfarra. Isto, a digressão pelas capitais de distrito por ordem alfabética e a vontade indomável de ocupar todos os coretos do país, são, de facto, faces da mesma moeda.

E não resisto a mostrar melhor o “coelho sufocado” que o comissário da exposição tira da cartola neste convite, na forma duma citação de Sloterdijk, que bem poderia dar origem a uma nova linha de t-shirts F.R.I.C.S.:

O sentido da linguagem é festejar: toda a linguagem que se esqueça de festejar será abandonada pelos bons espíritos…