First Skitch, then Paparazzi!, now Jing

Estava eu a acabar de pensar nas possibilidades de integração entre Skitch e Paparazzi! e chegou-me pelo correio a sugestão de olhar para o Jing Project, com a ressalva de que tinha um interface manhoso, mas que parecia ter mais possibilidades que o Skitch. Vídeo e interoperabilidade (Mac + Windows) são de facto óptimos acrescentos para uma aplicação deste género, só que a minha primeira tentativa saiu gorada porque o Jing não é compatível com o Growl. Precisei de desligar o Growl para que funcionasse.

O interface do Jing Project é de facto manhoso, mas a possibilidade do vídeo e a interoperabilidade não é nada a descartar.
O que me faz recear mais é outra coisa: ao criar o primeiro vídeo e fazendo “share”, somos convidados a criar uma conta no Screencast.com e, se formos lá ver as condições desse serviço, existem dois tipos de contas: trial de 60 dias e subscrição paga… não percebi ainda se quem estiver a experimentar o Jing Project fica com uma conta gratuita enquanto quiser ou se dura os 60 dias.

Alguém sabe mais alguma coisa sobre isso ou sobre o mecanismo necessário para embeber estes vídeos do Jing Project num blog ou similar?

Seja como for, cá está o link para um vídeo feito com o Jing Project, em que se anota com o Skitch sobre uma captura de Paparazzi!:
http://www.screencast.com/t/N6U6E_6CJ9

Grande caldeirada. ;)

Ainda o Skitch

Espero não me especializar nisto, mas depois do comentário da Maria João Valente à minha wishlist de funcionalidades para o Skitch, como sabia como é que se pode mudar o estilo do texto (só o alinhamento é que não), decidi usar o próprio Skitch para mostrar como e, ao fazê-lo, apercebi-me que é possível fazer o “crop” da imagem (seja para retirar partes, seja para acrescentar área livre):

Skitch: crop e estilos de texto

 Assim, fica resolvido (porque já estava) um dos meus desejos (o crop) e um dos da Maria João Valente (os estilos de texto):

  • clicar e arrastar nas margens para o crop
  • edit > show fonts (option+t) para alterar o tamanho, tipo e estilo, com a possibilidade de retirar o contorno e/ou a sombra ou reverter para o estilo Skitch

Há mais dúvidas ou dicas, por aí? Ou dúvidas que se transformem em dicas? ;)

Skitch extended…

Skitch + Paparazzi = ??No meio de toda esta agitação à volta do Skitch, fui pensando em funcionalidades que podiam melhorar a aplicação e ser úteis em alguns cenários específicos. Uma dessas funcionalidades seria a captura duma página web completa, independentemente da área visível num monitor, para analisar elementos de interface, áreas de maior ou menor destaque, etc.
Essa possibilidade poderia tornar o Skitch numa ferramenta bastante útil para fazer análise de interfaces, por exemplo, anotando a totalidade da página/layout graficamente.

Curiosamente, andava a pensar nisto e tropecei nesta apresentação do Paparazzi!, feita pela Paula Simões, no Blog do Felisberto. O Paparazzi! permite a captura como imagem duma página web, independentemente da área visível no monitor: insere-se o endereço a capturar, a área mínima e pode até refazer-se o enquadramento e programar um atraso, para que a captura seja feita alguns segundos depois da página carregar (útil se houver animações ou coisas assim).

Juntos, o Skitch e o Paparazzi! complementam-se de formas bem interessantes.

Outras coisas que eu gostava de ver no Skitch eram:

  • possibilidade de fazer um zoom a algumas áreas da imagem
  • possibilidade de fazer cortes parciais e juntar áreas distintas, talvez pela utilização de layers
    exemplo: captura de janela da aplicação, omissão do “miolo” e exibição das ferramentas/menus todas juntas
  • ampliação da área de trabalho para anotações não sobrepostas

Era giro, não era?

(não me chateiem com o óbvio: eu sei que com todas estas coisas, o que eu estou a descrever mais parece uma ferramenta completa de edição bitmap— Photoshop, Gimp, Fireworks…— com um interface mais “giro” e a integração de screenshot e de exportação/partilha web)

Hold your horses!

pt
Já distribuí 90 dos 100 convites que faziam parte da bonanza. Uns por aqui, outros por subscritores da ML “O Correio dos Outros”. Vou fazer uma pausa neste processo, para me certificar que há algum equilíbrio na distribuição destes últimos 10 convites.

Por isso é que fechei os comentários na bonanza e no concurso.

Mantenham-se atentos.

(no entretanto, os 90 novos utilizadores têm, cada um, pelo menos 2 convites, por isso…)

en
I’ve already sent 90 of the 100 bonanza invites, Some through the blog, some to subscribers of an amazing portuguese Mac users list. I’ll take a break to make sure that there’s some balance in how these last 10 invites go.
That’s why I closed the comments at bonanza and at the contest.

Keep tuned.

(in the meantime, each of the 90 new users has, at leat 2 invites each, so…)

Skitch bonanza!

Skitch bonanza! 100 invites

pt
Os tipos da Plasq acharam simpático da minha parte ter dito que o Skitch era um “hot topic” e, por isso, ofereceram-me mais 100 convites! Não vou promover mais nenhum nenhum concurso, por isso, se quiserem convites, basta dizerem isso mesmo aqui nos comentários, sem se esquecerem de preencherem o e-mail (preciso dele para enviar o convite).

Era simpático se me ajudassem a agradecer à Plasq votando no WTF da Techorati Wque deu origem a esta Skitch bonanza!
en
The good people at Plasq thought that it was cool of me to state that Skitch is a hot topic, and so they offered me 100 more invites! I won’t be promoting another contest, so, if you want an invite just drop me a line at the comment box, and please, don’t forget to fill the e-mail field (I’ll need it to send the invite).

It would also be nice if you would help me return Plasq‘s courtesy by voting on the Techorati WTF that started this Skitch bonanza!

Conhecem a nova pateira de Aveiro?

Pateira de Fermentelos (in Wikipedia)

A Pateira de Fermentelos é uma lagoa natural, localizada no triângulo dos concelhos de Águeda, Aveiro e Oliveira do Bairro, antes da confluência do Rio Cértima com o Rio Águeda.

Considerada uma zona húmida de elevada riqueza ecológica, a Pateira de Fermentelos desde cedo se tornou um sistema em que as actividades humanas se integravam perfeitamente na sua dinâmica, permitindo assim a manutenção da lagoa. A prática de uma agricultura drenante e a recolha constante do moliço (para posterior utilização como adubo natural), permitiu a manutenção de uma significativa superfície livre de água e impediu o avanço do pântano.

Este equilíbrio, entre a actividade agrícola e a recolha do moliço, conduziu a uma paisagem humanizada de elevada organização e diversidade, na qual a lagoa atingia a sua maior dimensão. No entanto, as alterações económicas e sociais operadas por volta da década de 1960, com a emigração de muitas pessoas da zona, reduziram progressivamente a prática de recolha do moliço, permitindo assim o seu livre desenvolvimento. Este processo foi ainda grandemente acelerado pela descarga de esgotos, efluentes orgânicos e industriais e drenagem dos terrenos agrícolas envolventes.

Margem da Pateira de Óis da Ribeira - Foto de Luís Neves
Margem da Pateira de Óis da Ribeira – Foto de Luís Neves

Eu gosto muito da Pateira de Fermentelos no sítio dela, por isso, é com estranheza e algum desconforto que tenho atravessado no meu percurso diário até ao escritório a nova “pateira” em que se está a transformar uma das áreas do lago no Jardim da Baixa de S.to António. Mais alguém reparou ou sou só eu?

Pateira da Baixa de S.to António

Cá está mais uma utilização possível para o Skitch… será que é um vício?

Concurso Skitch

Requisitos do SkitchTenho um convite disponível para quem quiser usar a última aplicação da Plasq, o Skitch.
O que é e para que serve o Skitch? É essa a resposta que lhe dá direito ao convite. O primeiro leitor a deixar na caixa de comentários deste post uma explicação breve do que é e para que serve o Skitch, com referências a todas as minhas utilizações desta ferramenta neste blog, ganha o convite (não se esqueçam portanto de preencher correctamente o campo de e-mail, que é privado, na caixa de comentários).

Let the games begin.

Para não ser demasiado difícil, posso dizer que a utilização foi feita em 2 posts deste mês e que, em todas as imagens há anotações.